COMENDO EM INDIANAPOLIS

O restaurante mais procurado de Indianapolis na semana do Super Bowl XLVI era o St. Elmo, steakhouse que existe há 110 anos.

Para se ter uma ideia, Eli Manning e Tom Brady jantaram lá na mesma noite, em salas separadas. Consta que Manning pagou o jantar para 25 companheiros do New York Giants.

Não dava para pensar em entrar no lugar sem uma reserva, e as reservas se esgotaram meses antes dos dias em que 200 mil visitantes apareceram na cidade.

Não consigo começar a descrever o quanto eu gosto desse tipo de restaurante, típico dos Estados Unidos. São estabelecimentos que servem carne e frutos do mar como se essas coisas vivessem juntas. Um dos pratos campeões de audiência é o chamado “surf’n’turf“: um belo filé mignon e um rabo de lagosta grelhada.

Bons steakhouses também se orgulham de suas cartas de vinhos.

Chegamos a Indianapolis na quarta-feira pela manhã e as primeiras 30 e tantas horas foram tão miseráveis em termos gastronômicos, pela mais absoluta falta de tempo, que prometi para mim mesmo que teríamos um jantar de gala no St. Elmo antes da semana terminar.

Não pude cumprir a promessa. Mas Indianapolis foi gentil conosco, ao apresentar uma solução quase tão boa.

A poucos metros do St. Elmo, os mesmos donos (Peyton Manning é um dos sócios) abriram o Harry & Izzy’s, um restaurante mais casual. A briga para entrar também era feroz, mas conseguimos uma mesa na noite de quinta-feira.

Começamos com porções de asas de frango e diversos molhos. Depois, foi um festival (éramos 9 na mesa) carnívoro.

Pedi um filé mignon acompanhado de creme de espinafre.

O creme não precisava ter vindo coberto de queijo ralado, o que obviamente condicionou o sabor. Mas felizmente a porção era farta e consegui tirar a “cobertura”.

O filé, de 8 onças (cerca de 230 gramas), veio exatamente como pedido: um pouco acima do “ao ponto” dos americanos, que é bem rosa por dentro, sangrando.

Dizem que a fome é o melhor tempero, e não devo omitir que era grande. Mas foi um ótimo jantar.

Tão bom que voltamos na sexta, quando a moça na porta disse que a espera ficaria “em torno de 2 horas”, com a expressão mais natural possível.

As ruas do centro de Indianapolis estavam fechadas para carros e tomadas pela multidão. Concluímos que esperar era a melhor opção.

Na calçada, dois coolers gigantescos forneciam cerveja (US$ 6,00 a garrafa long neck) para os interessados em consumir algo gelado com 2 graus negativos, enquanto a fila para entrar e aguardar no bar andava vagarosamente, no sistema “só entra se alguém sai”.

Conseguimos, depois de uma hora.

De repente, um grupo de pessoas entrou pela porta dos fundos, e com elas estava Tim Tebow. Ao passarem pelo bar, meio apressados, dois caras reconheceram o quarterback do Denver Broncos e fizeram o gesto que ficou famoso durante a temporada.

Tebow sorriu.

Na mesa ao lado da nossa, estavam Pat Riley, Carl Ripken Jr. e o produtor de cinema e televisão Jerry Bruckheimer (é absolutamente impossível você não ter visto algo que ele fez).

Coisas que acontecem na semana do Super Bowl.

Anúncios

5 respostas para COMENDO EM INDIANAPOLIS

  1. Poxa André, falou imagens… inveja dessas viagens, mesmo sabendo que se trabalha muito nelas.

  2. Anna disse:

    Não sou muito carnívora, mas fiquei curiosa com os frutos do mar. 🙂

  3. Marcel de Souza disse:

    Realmente essas steakhouses americanas são uma perdição! Faltando 15 pra meio-dia agora, me deixou com água na boca!!! 😉

  4. Bruno Aguiar disse:

    Olá André… sei que você é apreciador de várias cozinhas entre elas a italiana. Estou indo para Itália agora em maio com minha esposa e iremos passear pelas principais cidades. Gostaria de sugestões suas de restaurantes de onde possa sair maravilhado. Grato.

  5. Ivan Linares disse:

    Só uma coisa, Sr. André: se é “house”, e “casa” é feminino em português, então é “A” steakhouse.

    No mais, parabéns pelo blogue! Continue o bom trabalho!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: